Baseado nas perguntas superficiais quando pessoalmente ou nas redes sociais muitas pessoas acreditam que morar na Europa é super fácil. Preciso contar uma verdade: Não é, nunca será e nunca foi. E tudo, mas absolutamente tudo conquistado foi com MUITA luta, muito choro, muita dor de cabeça, dinheiro desperdiçado, trabalhos exaustivos e inúmeras decepções. Nada, absolutamente nada vem fácil. Vir para cá não é como muitos pensam: “Ai a vida aqui não está boa, acho q vou para europa tentar a vida.”. pessoas, aqui você não tem amparo nenhum. A sua família está a muitos Km de distância, os costumes e processos são imensamente diferentes, milhões estão tentando a mesma coisa e são muito melhor/privilegiados/sortudos/talentosos/ricos que você.

Então a próxima vez que alguém vier me pedindo conselhos de como chegar onde estou eu digo: desapegue, planeje, leia meu post heheh 😛

E na verdade ainda tenho um longo caminho pela frente…

E depois iria adicionar: Minha vida começou a se estabilizar depois de 3 anos morando aqui.

Sim, alguns precisam de mais e outros de menos tempo, mas ninguém vive um conto de fadas. Vida é vida no mundo inteiro. cada país tem os seus prós e contras e cada pessoa tem que descobrir o que combina mais com o seu estilo de vida e capacidade. ( capacidade no sentido de estar longe da família, pressão, stress, temperatura climática, tipos de comida, etc..).

Seja no seu país natal ou do outro lado do mundo, a jornada é longa e cansativa. Qualquer escolha trará muitos desafios e decepções. Cada um tem facilidade para um tipo ou outro de caminho. O importante é respeitar os seus próprios limites e seguir em frente.

E se voce me ve “viajando demais”, é por que economizei muito em outras áreas, as distâncias por aqui são menores ( O Brasil é maior que a Europa) e morando por aqui se aprende a achar ofertas e muitas vezes amiguinhos que hospedam por aí. ( sem contar meus contatinhos de AIESEC <3)

Leia: Dica: como nao se dar MUITO mal na Alemanha e nao perder dinheiro, pra ter Uma ideia só q já passei. OK nisso poderia acontecer em qualquer lugar, mas alguém poderia explicar. Aqui sempre serei a exceção, pois sou estrangeira.

Leia também sobre outros momentos de dificuldade: Vida no exterior: adaptacao diária aos costumes e a vida longe de „casa“ e Morar no exterior me deixa exausta

  1. Sinta-se a vontade para corrigir meus erros gramaticais
  2. Pergunte o que quiser ou envie sugestão de temas