Vou tirar a poeira desse blog, voltar a mostrar a minha visão sobre esse país muito louco chamado Alemanha e essa forma paradoxal de viver que escolhi. Sim, eu consegui, voltei pra Alemanha depois de um ano de Brasil. Se foi fácil? Nem lá, nem aqui agora. Voltar de um intercâmbio sempre é difícil, principalmente quando se teve uma experiência tão rica como a minha. Por sorte, ao voltar ao Brasil (em 2013) estabeleci uma nova meta, terminei a faculdade de Jornalismo, estagiei e, por um semestre, consegui seguir estudando alemão.

Desde 26 de fevereiro estou na Alemanha após juntar muitos dinheiros, convencer muitas pessoas e refletir bastante. Retornar não é fácil já que a mioria das pessoas que eu conheci antes não moram perto de mim e apesar de saber me virar bem, a Alemanha, não deixa de ser um país estrangeiro. Em abril vou escrever o TestDaF, de proficiência de alemão e quero atingir o nável C1 :O e PRECISAAAA, dar certo! Depois disso, vou me aplicar em um mestrado por aqui pois, apenas estudando, conseguirei atingir um bom nível de alemão. Btw, MEU SONHO.

Se você já leu o meu blog e/ou me conhece só deve ter me visto falar coisas boas daqui, deve ter observado os meus olhos brilhando ao falar da vida por aqui. Eu procuro enxergar sempre o lado bom das coisas porque morar na Alemanha não é e, nunca foi fácil. Os detalhes que me cativam são os mesmos que de vez em quando me destroem, como o jeito metódico e preciso. (Escrevi sobre precisão no amor e no dinheiro também.)

Periodicamente agora, vou mostrar como entender, e se me permitem usar a palavra, suportar essa cultura. Apesar das dificuldades e problemas eventuais de comunicação, eu adoro morar aqui, sair de noite sozinha, andar de bicileta em qualquer horário e ficar alegre com uma cerveja (já que aqui ela não tem gosto de água igual no Brasil.) 😛

Aproveite o Culture Explorer (antigo Einfremdesland) e descubra o porquê da Alemanha ser assim.

Para ilustrar esse post mais descontraído, coloquei uma foto minha no dia do meu niver (13 de Março), em que milagrosamente não tinha vento, não estava frio e tinha sol. Fui andar de bike, algo que adoro, na beira do Rio Elba aqui em Dresden. Dessa vez tirei fotos com o celular, mas na próxima farei um ensaio bem legal de uma das cidades mais bonitas da Europa. Dresden é conhecida por ter o ‘Terraço do Europa’ pela sua paisagem sensacional.<3

PS: Como as pessoas querem saber também as novidades, fiz um resuminho do que eu conheci.

Eu estou na Alemanha há 20 dias. Fui em um bloco brasileiro durante o carnaval, sozinha, em Dresden e, socializei 🙂 Visitei Magdeburg, fui na fábrica da Addidas e da Puma na Bavaria. Conheci um Museu do Nazismo em Nuremberg e vi uma exposição sobre o controle dos periódicos feita pelo Hitler. Fui patinar no gelo no centro de Dresden com um brasileiro muito louco. Comemorei meu aniversário com amigos alemães e brasileiros, comemorei o niver da Ester (que conheci no Carnaval) e joguei sinuca Brasil x Argentina com uns amigos que tinha desde outra vez que morei por aqui etc 😛 Momento auge foi lotar o carrinho do supermercado na sexta-feira e gastar muitos dinheiros em comida.. mas esta valendo a pena 😀