Quando me senti em casa

Quando me senti em casa

Outro dia fui para uma cidade chamada Halle visitar um amigo brasileiro e uma colombiana. Como durante o dia  eles tinham que trabalhar eu fui andar pela cidade sozinha. E foi tão tranquilo, o sol estava radiante, muitas pessoas estavam pelas ruas e eu me senti muito bem. Uma das coisas que mais me agrada é caminhar por essas ruelas alemãs. A arquitetura é muito bonita e o ambiente agradável. As casinhas tem janelas sempre enfeitadas com flores em qualquer estação do ano.

DSC01250Quando se caminha pela cidade  há sempre bares, cafés e restaurantes cheios de gente, sejam jovens ou velho; as pessoas estão conversando e aproveitando o tempo. No verão as ruas ficam lotadas de cadeiras e todos falam até mais alto de alegria com a chegada do bom cilma. Sempre que caminho por esse país me sinto em casa, é tudo tao calmo e tranquilo. Para aqueles que pensam que alemão é uma língua agressiva, não sabem como são tranquilas as ruas, sempre com pouco ruido e conversas suaves; a paisagem agrada e as pessoas também =D

DSC01258

O meu lugar favorito em qualquer cidade alemã é o Marketplatz aonde normalmente é o centro e acontece a feira da cidade com pãezinhos frescos, frutas, verduras, flores e comidas feitas em casa. É um ambiente tão tranquilo, os ferirantes chegam pela manhã bem cedinho e aos poucos o espaço que estava vazio fica cheio de barraquinhas enquanto as pessoas vão chegando para comprar o que precisam ou apenas passear. Aqui na Alemanha é possível medir o tamanho da cidade pelo tamanho do Marketplatz, é um lugar muito especial para mim, sem contar que aqui os queijos são muito bons, então não tem nada melhor do que comprar um queijo fresco na feira de manhã antes de tomar café da manhã =)

dsc01253.jpg

DSC01252

DSC01255

Quando eu estava passeando pelo Marketplatz de Halle eu encontrei uma das barraquinhas na foto em que mãe e filho vendiam pão fresquinhos e o mais interessante é que ao lado da barraquinha tinha um forno em que o pão saia quentinho e nós podiámos ver ele sendo feito na hora… uma delícia 😛

Biscoitos tipicos que eu adoro :)
Biscoitos tipicos que eu adoro 🙂

Como disse, eu estava caminhando pelas ruelas alemãs e depois vi a feira ser montada. Eu achei que não poderia sentir uma paz maior nesse ambiente, estava com uma tranquilidade indescritível, um sentimento acolhedor me rodeava. Mas derrepente me deparei com uma barraquinha que a principio vendia pão, mas quando olhei mais de perto vi essas bolachinhas tipicas alemãs. Foi um momento muito especial, eu me lembrei de minha avó e de minha tia avó pois a segunda sempre cozinhava aquelas com chocolate e creme para mim e a minha avó trazia direito da Argentina para mim quando vinha nos visitar no Brasil. Essas bolachinhas eram tão especiais que nós comíamos uma por dia para durarem por muito tempo. E por um momento eu pensei: estou em casa. E eu realmente me senti em casa, o sol estava lindo, a cidade tranquila, os passarinhos estava cantando (de verdade) e todos estavam sorrindo na rua enquanto eu comprava as bolachinhas que relembram minha família!!!  =DD

DSC01260
Marketplatz em Halle

Em um dos dois dias que fiquei em Halle e estava perto do Maketplatz, eu vi que o local estava lotado, o time local havia ganhado e em plena quinta-feira as 3 da tarde estava acontecendo uma comemoração que movimentou todo centro. Todos os cafézinhos e lojas estavam cheios e mesmo naquela cidade pequena estava difícil andar pelas ruas!

Eu adoro a Alemanha, é tudo tão sereno por aqui!

Para ler sobre outros momentos em que me senti bem: Um pedacinho do Brasil na Europa

Natasha Szejer

3 thoughts on “Quando me senti em casa

  1. Eu concordo com partes, mas acho que Munique, por exemplo, as pessoas não são tão serenas e educadas… Nao sei se é pela rivalidade bávara, mas aqui as pessoas te atropelam, te xingam e os garçons reclamam qdo vc demora pra se decidir…rs

Leave a Reply

%d bloggers like this: