Change starts with action

Desde pequena minha família e meus professores me motivaram a ir atrás de meus sonhos, buscar sempre vencer desafios. Durante minha infância me mostraram que uma vez em que queremos algo, devemos ir em frente e acreditar que é possível atingir aquele objetivo. Um dos temas que sempre discutíamos desde a infância era: MUDAR O MUNDO. Não o MUNDO TODO, mas as pessoas a nossa volta, nossa casa, nosso bairro, nossa comunidade. De início parecia pouco mudar apenas as pessoas ao nosso redor, e impossível mudar quem não estava, mas mesmo assim os professores seguiam nos incentivando e mostrando que um mundo melhor podemos construir através de pequenas ações.

Posso dizer que o que aprendi com os professores da pequena escola que estudei até os 14 anos(2005) me tornaram a pessoa que sou e me ajudaram a ter uma visão ampla das adversidades do mundo. Sempre buscando trasnformar cada aluno com pequenos projetos e AÇÕES vejo hoje como lá plantavam dia a dia uma semente de tolerância, mudança e cidadania em cada um.

Fizemos diversos trabalhos sobre reciclagem, cidadania, tolerância e até nos juntávamos para fazer trabalho voluntários um sábado por mês durante os 12 e 13 anos. Os valores passados até hoje são essenciais para mim, eu realmente gostava de ir à escola e aprender como lidar com o diferente.

No entanto, ao crescer as ideias, valores e objetivos continuam, mas a prática nem sempre é constante. Felizmente ao entrar na univeridade tive a oportunidade de entrar em contato com uma das organizações estudantis mais facinantes do mundo, que particularmente sou apaixonada. Formada apenas por jovens, essa rede global de estudantes busca transformar os jovens ao redor do mundo transformando-os em agentes de mudança. Graças a essa organização decidi sair da minha área de conforto e vim fazer um intercâmbio na Alemanha onde estou buscando compreender e aprender com a cultura alemã e seus métodos de organização =D Nos meus planos estão também aprender essa língua fascinante!

<

p style=”text-align: center;”>
MARCELA: é a menina da esquerda, nos conhecemos na pré-escola (aos 6 anos) e estudamos POUQUISSIMO tempo juntas. Quando entramos na universidade (aos 18 anos) ela me contou que havia conhecido a AIESEC e com entusiasmo me contou do que havia aprendido, que junto a jovens de diversos cursos estava em busca de mudança.

NATASHA: sou eu, a menina do meio. Comecei a fazer parte da AIESEC (aos 19 anos), graças a indicação da MARCELA que me contou o que a organização busca fazer. Eu simplismente fiquei fascinada e cada dia busco aprender mais sobre os processos desse movimento global que diariamente IMPACTA vida de milhares de jovens, crianças e famílias ao redor do globo.

BIANCA: é a menina da esquerda, que mora na Alemanha. Tiramos essa foto em 2009 quando ela foi ao Brasil nos visitar. Na época apenas Marcela fazia parte da AIESEC, hoje ambas fazemos parte dessa rede global. Estudamos juntas na infância e hoje, cada uma em sua universidade pode continuar fazendo sua parte por um mundo melhor, agindo em razão dos valores que acredita e com pequenas ações fazendo a diferença.


A princípio esta ideia de IMPACTO e MUNDO MELHOR podem parecer utópicas, mas tenha certeza que a cada dia estamos chegando mais perto disso. A imagem mostra exatamente o que aprendi durante toda minha infância e que agora, dia a dia essa organização me estimula.

Para continuar lendo sobre a minha temporada na Alemanha, leia: Três meses de aprendizado…

1 thought on “Change starts with action

Leave a Reply

%d bloggers like this: